quinta-feira, janeiro 17, 2019

Separações


As separações são dificeis. Implicam uma mudança, uma adaptação, um crescimento forçado, um lidar com o sofrimento de um sonho falhado. Todos nós já tivemos de viver com um coração partido, e sabemos o quanto custa carregá-lo no peito pesado e estilhaçado enquanto andamos em frente a tentar construi-nos. Todos sabemos o quanto doí... mas também sabemos que sobrevivemos, que o tempo ajudou, que eventualmente passou. Mas enquanto não passa é uma merda! 

O problema de nos embriagarmos com a ideia de amor é a puta da ressaca. E sim, chamo-lhe puta e madrasta e todos os outros nomes que houver no dicionário porque é isso que ela é. O desmame do amor é das coisas mais violentas pela qual se pode passar. A desconstrução de tudo aquilo que sentimos é um processo de reinvenção do qual nem todos somos capazes. Muitos perdem-se no que poderia ter sido, na hipotese. Mas não temos como mudar o passado. Não podemos mudar as nossas escolhas depois de sabermos o resultado. Não podemos viver de "e de?". Porque infelizmente não podemos programar a nossa vida para o melhor resultado possível. Seremos sempre escravos das nossas escolhas e das suas consequências. Resta-nos apenas aprender com elas, aprender a aceitar.

E nada de bom pode acontecer enquanto não deixarmos o passado para trás. Para que possa acontecer temos de libertar espaço em nós que é ocupado por aquilo que já não interessa. Parte de nós a decisão de abandonar tudo aquilo que já não nos faz bem. A decisão de ir ou de ficar, parte sempre de nós e nunca dos outros porque as amarras dentro de nós mesmos precisam de ser quebradas por de dentro. É é difícil. É difícil ficar com o vazio. O eco do falhanço em nós, mesmo que depois venha a ser preenchido por algo melhor. Porque enquanto não o é, dói. Há toda a fragilidade de um ego magoada, a carência de uma alma... Mas faz parte do crescimento essa melindrança. É que o que não nos mata torna-nos mais fortes. Ainda que não o sintamos ou vejamos.

terça-feira, janeiro 15, 2019

Toda ela era feita de sonhos e imaginação.

Imaginei-te. Fiz-te meu. Mudei-me. Por ti. Para ti. Acreditei que seriamos nós, que ja um éramos. Não sei se inocente ou idiotamente. Mas acreditei. Cri no inicio, na esperança de um começo. Mas tropecei em mim própria no primeiro passo. Achei que bastaria saltar, que estarias lá para me agarrar. Mas não estavas porque nunca exististe realmente, sem ser dentro de mim. Porque te imaginei. E imaginei-te perfeito mesmo dentro das tuas imperfeições. Porque te fiz real. Quis acreditar na história que me vendias, no principe encantado e no final feliz. Deixei que o romantismo em mim falasse e me toldasse os sentidos. Fiz-te mais do que eras. Mais do que serias. Mais do que alguma vez merecias. Mas no fim não eras tu quem exisitias, era apenas eu. Um reflexo de mim numa pessoa que não conhecia.

domingo, janeiro 13, 2019

Pedidos.

Faz-me respirar todo o teu ar e salva-me do destino que se aproxima. Deixa-me expirar-te enquanto me inspiras. Desperta-me os sentidos antes que este sono me acumule nas trevas. Liberta-me desta dormência e faz-me viver. Desliga-me desta miopia emocional que me acorrenta. Faz-me de ti dando-te a mim. Constroi-me na imensidão daquilo que me podes dar. E deixa-me ser só para começar a existir.

sexta-feira, janeiro 11, 2019

Globos de Ouro 2019 - Os casais mais bonitos da Passadeira Vermelha

 Emily Blunt and John Krasinski

Gina Rodriguez and Joe Locicero

Jason Ralph and Rachel Brosnahan

Justin Hartley and Chrishell Stause

Yvonne Strahovski and Tim Loden

Jim Carey and Ginger Gonzaga

Kieran Culkin and Jazz Charton

Dax Shepherd and Kristen Bell

Irina Shayk and Bradley Cooper

Leslie Bibb and Sam Rockwell

Susan Geston and Jeff Bridges

Globos de Ouro 2019 - Os vestidos "estavas quase lá mas faltou-te qualquer coisa"

LILI REINHART In Khyeli Couture and Swarovski Jewelry

LINDA CARDELLINI In Monique Lhuillier

ALISON BRIE In Vera Wang

KERI RUSSELL In Monique Lhuillier

GLENN CLOSE In Armani Privé

JULIANNE MOORE In Givenchy

LADY GAGA In Valentino

LUPITA NYONG'O In Calvin Klein

AMBER HEARD In Monique Lhuillier

MARIN HINKLE In Lanvin

AMY ADAMS In Calvin Klein

EMMY ROSSUM In Monique Lhuillier

quinta-feira, janeiro 10, 2019

Globos de Ouro 2019 - Os piores vestidos

FRANCIA RAISA In Malan Breton and jewelry by Narcisa Pheres

JODIE COMER In Ralph & Russo

JOANNA NEWSOM

MICHELLE YEOH 

LAURA HARRIER In Louis Vuitton

KRISTIN CAVALLARI In Chopard Jewelry 

ELSIE FISHER In Kenzo, Longchamp Shoes and Borgioni Jewelry

ROSAMUND PIKE In Givenchy Haute Couture

CAITRIONA BALFE In Moschino

D'ARCY CARDEN

LUCY LIU In Galia Lahav

SOFIA CARSON In Giambattista Valli and Samer Halimeh Jewelry

INDYA MOORE

LAURA DERN

JANELLE MONAE In Chanel and Le Silla Shoes

MELISSA MCCARTHY In Reem Acra and Chopard Jewelry

OLIVIA COLMAN In Stella McCartney

RACHEL WEISZ

NICOLE KIDMAN In Michael Kors 

ELISABETH MOSS In Dior and Neil Lane Jewelry

KATE MARA In Miu Miu

JESSICA CHASTAIN In Burberry and Piaget Jewelry

YALITZA APARICIO

NANCY O'DELL In XIVKARATS Jewelry