terça-feira, maio 27, 2008

Parabéns,João !! =)


Noticias do mundo dos mil e um oficios!!

Como a minha vida estava um pouco monotona e eu me sentia com tempo a mais, decidi que 3 pós-graduações ao mesmo tempo não era suficiente... por isso, decici fazer ainda outro curso!! E durante esta semana toda estarei 13 horas por dia na faculdade... Faculdade essa que eu já deveria ter abandonado há um ano atrás, mas que teimo em continuar a chamar de minha!! Enquantos uns fazem tudo para sair de lá, eu continuo a criar cada vez mais laços... E se conseguir, um dia, o meu objectivo final, daqui a uns anos encontrar-me-ão por lá, a dar aulas. Sim, já sei!! Coitadinhos dos alunos!!
Mas voltando ao assunto... Desta vez é um Curso sobre Direito do Desporto. Por isso, Vale e Azevedo se estás a ler isto, daqui a uma semana já me podes contratar como tua advogada!! =)

A felicidade dos outros às vezes faz comichão!!!

sexta-feira, maio 23, 2008

domingo, maio 18, 2008

Pensamento do dia

"Aquele que procura um amigo sem defeitos, acaba sem amigo nenhum" Provérbio turco
Se eu fosse doida.




Apesar de seres noite, hoje, quase que vi o amanhecer em ti.

quinta-feira, maio 15, 2008

Uma tarde diferente












Corro solta como uma potra selvagem em terras de ninguém. Sinto-me livre pela primeira vez. Soltei as amarras que me prendiam e fiz do movimento a esperança do que poderia alcançar. Encontrei-me onde nunca pensei estar e fiz de mim bicho selvagem, capaz de tudo.

Os meus anos (",)


















sexta-feira, maio 09, 2008

terça-feira, maio 06, 2008

Eu sou do tipo de pessoas que quando vê um caracol no passeio, o apanha e o põe no jardim.



(In)confidência: E tu que tipo de pessoa és?
E disseram: " Coitada daquela criança. Isto é a prova que o dinheiro não é tudo. Ela tem imensas coisas mas falta-lhe o mais importante.". Deu-me pena a observação feita... mas não pena da criança... pena de quem o disse... As pessoas vivem alimentadas pelas visões do passado e presas num mundo que já não é de hoje. Aguçam um espirito crítico mas apenas quanto à vida dos outros, porque nas delas próprias não veêm os imensos defeitos e imperfeições existentes. E aquela criança, ao contrário do que era dito naquele momento, tinha de certo tudo... tinha os dois pais que a amavam e que faziam tudo para a ver feliz, só não tinha era dois pais que se amavam mas isso não é nem de longe o mais importante, porque desde que haja respeito e até um carinho por tudo o que se viveu, a convivência passa pela cordialidade... De que valia àquela criança ter dois pais juntos sem eles se amarem? Não seria muito pior?! As pessoas não devem manter casamentos por causa dos filhos que têm juntos. É claro que é triste e dificil... é um fechar de um capítulo, que prometia um final feliz e não o teve. Mas é a vida. E não se deve contrariar o rumo próprio das coisas, porque daí não pode advir nada de bom. Se tivessem continuado juntos, a relação iria degradar-se e poderia até mesmo tornar-se insustentável... e aí quem sofreria também, ao longo de todo esse processo, seria a pessoa mais inocente, a criança... Assim, parece-me que é melhor agora, mais cedo... É melhor agora quando ainda se pode salvar o que resta e ainda se pode guardar o que é bom de guardar.

Vivo na urgência de uma vida que ainda não é a minha...

sábado, maio 03, 2008

(In)confidência: Ás vezes, parece fácil...

Fechei-o bem. Abanei-o para ter a certeza que não faltava nada. Enchi-me de força e voltei a po-lo no peito. Chorei, mas limpei as lágrimas logo de seguida. As despedidas nunca são fáceis. Mas sabia que era aquilo que havia a fazer... Era melhor para ele ficar ali sossegadinho, fechado para ninguém o magoar. E fortaleci tudo à nossa volta. Criei muros para não deixar mais ninguém entrar. E ele ficou ali, simplesmente ali... Não disse nada. Deitou-se dentro de mim e adormeceu. E tenho a certeza que sonhou com o dia que voltaria a acordar, daqui a muito muito tempo...

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."


(In)confidência: Por tudo o que te disse, por tudo o que me disseste... esta é para ti!! Porque tu foste tudo isto.