quarta-feira, janeiro 30, 2008

Hoje, quando me levantei da cama ( sim, porque não posso dizer "quando acordei" porque não cheguei sequer a dormir...) só conseguia pensar numa palavra:

Não me sentia nada preparada para a oral de melhoria que ia ter de Direito Processual Penal... Provavelmente porque não estudei nada de jeito, só na noite de véspera é que peguei nos livros... Comigo sempre foi assim, tudo em cima do joelho... Prometo que qualquer dia eu aprendo!! Mas continuando... Como tenho mais sorte que juízo, posso dizer que hoje estou de....

PARABÉNS!! Apesar de só precisar de um valor, consegui subir dois!! E não foi propriamente fácil, aliás até pensei que não fosse subir, porque os professores não estavam propriamente muito queridos!! Em 10 pessoas, subiram duas... Mas o que interessa é que uma delas fui eu!! =)E, com isso, consegui atingir o meu objectivo: acabar o curso com média final de 14valores!!

terça-feira, janeiro 29, 2008

segunda-feira, janeiro 28, 2008



O animal de estimação que gostava de ter =) !!
Dei-me agora conta que estou quase a chegar aos 1o mil visitantes e como tal... Não posso deixar esse numero passar em branco!! Tenho um prémio a dar a quem for esse visitante!!! Estava a pensar num jantar cozinhado por mim, mas se a pessoa não tiver confiança nos meus "dotes", podemos chegar a outro acordo!! =)

@mor 2.0

Podem achar-me saudosista e terrivelmente preso ao passado, mas a realidade é que hoje tudo é demasiado rápido. Faço parte daquele grupo que viu a tecnologia chegar. Jogávamos no Spectrum mas as relações amorosas eram à moda antiga. As pessoas conheciam-se em cafés, por indução do grupo de amigos, e se quiséssemos falar com aquela pessoa que acabávamos de conhecer tínhamos, quando muito, de lhe ligar para casa. Lembro-me perfeitamente da sensação de protecção que este estado de desenvolvimento tecnológico conferia à minha vida. Depois de uma tarde no café a flirtar, sabia que voltando para casa estava protegido. As únicas formas de contactar comigo eram ligar-me para casa ou ir lá bater à porta. Em qualquer dos casos era bastante simples dar a volta à situação.


Tenho a ideia que hoje me iria sentir angustiado e à beira de ataques de pânico consecutivos e galopantes. Actualmente, ao conhecer alguém no café, é banal trocar-se de imediato o número de telefone e o e-mail (este último sob o pretexto de se adicionar a pessoa a um Instant Messager ). Um frappuccino mais tarde, 6 SMS paralelas e dois beijinhos na despedida afastam-nos do conhecimento superficial... atirando-nos para um trabalho de investigação à la CSI.


Chegados a casa vamos adicionar o novo contacto ao MSN e, com o balanço, mandamos-lhe um e-mail do Gmail. Vamos então ao Facebook, ao MySpace e ao Hi5 ver se aquele e-mail está associado a algum perfil. Caso esteja, tornamo-nos logo amigos... e começamos por investigar o grupo de contactos, os comentários por eles deixados. Pelas fotos vemos que são as amigas mais chegadas e onde passou férias nos últimos seis anos. Pelo perfil musical sabemos de que bandas gosta e odeia. Passados alguns dias começas a entender que, afinal, o Joel (que lhe manda 12 SMS por hora...) não é um primo aldeão que mora no interior profundo! É sim um matulão surfista a quem temos de apertar os calos. Cada vez que entras num desses sites reparas que a lista de amigos dela aumenta a um ritmo alucinante. Quando estás com ela no MSN já não responde com a cadência matemática de 15 segundos. Isto é um sinal. Feitas as contas... mais vale abandonar o barco. Param os cafés. Acabam os SMS. Cada vez que nos logamos no Gmail e a vemos no Gtalk tentamos sair o mais depressa possível! Com um movimento rápido desligamos o MSN e ficamos exilados digitais.


Caros amigos, vejam isto pelo lado positivo. No meu tempo era necessário adivinhar, por exemplo, os gostos musicais. Hoje, com acesso a estes dados, podemos sacar grandes coelhos da cartola.



ELE - Tenho de ir a Barcelona... é uma cidade que me fascina!
ELA - BARCELONA! Adoro a cidade! Estive lá nas férias passadas...
ELE - Gostava de lá ir ver os Tokio Hotel... seria uma combinação fabulosa!
ELA - Eu AMO os Tokio Hotel! Não fazia ideia que também gostavas deles.
ELE - Bfffff... eles são parte da minha vida!Começa-se então a pensar que existe um conjunto de afinidades dignas de atenção... et voilà !


Dr. Matrix

segunda-feira, janeiro 21, 2008

Tenho saudades de sentir a areia nos meus pés, de me sentir viva, de saber o chão em que piso, de correr desenfreadamente como se não houvesse amanha, de sorrir só porque sim... Tenho saudades de agarrar o mundo e senti-lo meu!!

Mas passou mais um dia e aí chegou a noite... Como eram para si dificeis as noites! O adormecer sozinha e sentir-se terrivelmente só e triste... O deitar a cabeça na almofada, sem ninguém para lhe afagar a cabeça... E pensava em todos os sonhos e mundos que tinha contruído com ele, dentro de si própria. Sabia que nenhum deles se ia concretizar e esse fardo pesava-lhe em silêncio. Só quando a noite chegava é que as suas defesas baixavam... e aí.. permitia-se a si própria o derramar das lágrimas que sustinha e o libertar do peso da tristeza que a cansava. Mas nunca era o suficiente... Todas as noites havia um pouco mais... e ela perguntava-se a si mesma onde teria tanto espaço para tudo aquilo. Seria certamente no lugar do coração!! Ele já era tão pequenino que bem podia ter cedido aquele espaço que outrora ocupou. Acabou por adormecer imersa em pensamentos tristes e sonhou com um dia novo cheio de tudo o qe sempre quis.

sábado, janeiro 19, 2008


Não posso adiar o amor
para outro século
não posso ainda que o grito sufoque na garganta
ainda que o ódio estale e crepite e arda
sob as montanhas cinzentas e montanhas cinzentas
Não posso adiar este braço
que é uma arma de dois gumes
amor e ódio
Não posso adiar
ainda que a noite pese séculos sobre as costas
e a aurora indecisa demore
não posso adiar
para outro século
a minha vida nem o meu amor
nem o meu grito de libertação


Não posso adiar o coração.


(António Ramos Rosa)

Levou toda a tarde a arranjar-se, a pôr-se bonita para ele... Queria ser o seu sol, o seu mundo. Queria que nela ele visse todo o seu universo. Sentou-se no sofá à sua espera. Pensou no quanto odiava esperar, mas por ele seria até capaz de aprender. O tempo foi passando e ele sem chegar. Olhava para o telemovel e ele sem tocar. Na televisão, nada dava aquelas horas. Acabou por adormecer... Ao acordar, viu que algumas horas tinham passado e dele nem uma noticia. Começou a perguntar-se por quem esperava. Não sabia. Mas naquela espera encontrou quem não esperava, alguém que não sabia que andava à procura. Encontrou-se a si própria. E isso, para si, foi muito mais valioso do que qualquer outro encontro.

quinta-feira, janeiro 17, 2008


Depois de ter passado o mês todo de Dezembro sem cartão multibanco, o que não deu jeito nenhum especialmente para comprar as prendinhas, fui informada hoje que irei continuar sem cartão até Fevereiro, quando inicialmente me tinham dito que receberia o cartão no fim de Dezembro.
Começo a desconfiar que existe para aí um lobby qualquer que se juntou para que eu não possa gastar dinheiro!!! E começo a achar também que estou no meio de uma cabala organizada especialmente para me impedir de ir a lojinhas de roupa e contribuir para o fluxo da economia!!! Já para não falar nas dezenas de postos de emprego que eu não estou a financiar!!
Mas existe realmente uma coisa que me preocupa bastante para além disto... Então e os saldos?! Como posso eu sobreviver a esta fase sem cartão!! É que sem cartãozinho não há dinheirinho!!!

quarta-feira, janeiro 16, 2008

As loucas noites de sexta feira















I Curso de Inverno de Direito Aplicado

CURSO DE INVERNO DE DIREITO APLICADO (Simpósio Luso-Brasileiro)
PODER JUDICIÁRIO DE PERNAMBUCO - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO - CENTRO DE ESTUDOS JUDICIÁRIOS – CEJ


Sim, pois é. Confirma-se. Eu sou a mulher dos 7 ou dos 1000 oficios... Já não me bastava as aulas da Ordem dos Advogados, o estágio e a Pós-Graduação, agora também estou a fazer este Curso... As oportunidades são para aproveitar e este é o momento próprio para fazer estas coisas. Já para não dizer que fica sempre bem mais uma coisinha no Curriculum Vitae.
E até tem sido muito porreiro... Tenho aprendido mais umas coisas e conhecido imensa gente, como por exemplo Magistrados Judiciais e do Ministério Público, Juízes. E é muito interessante poder partilhar experiências e comparar regimes. Ah, e até já tive direito a umas prendinhas =)
Por isso, não se admirem de a minha agenda andar um pouco preenchida... mas como é óbvio para os amigos arranja-se sempre um jeitinho!!

Este livro é simplesmente intragável!! Tem uma escrita horrivel... Eu bem comecei a lê-lo mas desisti antes do final do primeiro capítulo... Bem me tinha parecido estranho me terem dito que se eu conseguisse ler este livro até ao fim escreviam aqui no blog que eu era a pessoa mais inteligente que essa pessoa conhecia... Agora já percebi porquê!!

Boa sorte para quem o tentar ler e parabéns a quem já conseguiu fazer esse feito extraordinário!!

TOURO: O Resistente.



Que encanta mas agressivo.
Pode parecer enfadonhos, mas não são.
Trabalhadores duros.
Amável.
Forte, tem resistência.
Seres sólidos e estáveis e seguros dos modos deles/delas.
Não procuram atalhos.
Orgulhosos da beleza deles/delas.
Pacientes e seguros.
Fazem grandes amigos e dão bons conselhos.
Bom coração.
Amam profundamente - apaixonados.
Expressam-se emocionalmente.
Propenso a temperamento - acessos de raiva ferozes.
Determinado.
Cedem aos seus desejos frequentemente.
Muito generoso.


(In)confidência: Eu sou mesmo assim??

Sinto que hoje poderia ser daqueles dias em que um velho, daqueles de longas barbas, muito sábio, poderia chegar ao pé de mim e dizer: "Marta, há coisas que não se pedem...". E eu responderia: "Mas porquê? Se há tantas coisas que eu quero? E se eu para ter umas coisas precisar de ter outras? E se a única forma de as ter for pedindo? Devo eu esperar sem resposta por coisas que se eu não pedir poderão nunca chegar? E se eu as quiser muitoooo?", aí teria uma daquelas respostas bonitas que não nos servem para nada porque estamos demasiadamente absorvidos nos nossos desejos: " Quem sabe se não chegaria realmente? A espera aguça a satisfação de conseguirmos algo que queremos muito e não pedimos. O sorriso é mais sincero quando tal acontece. E o Homem, esse, vê-se liberto de inúmeros fantasmas e correntes quando deixa o seu espirito serenar, quando aprende a esperar que os desejos se realizem pelas mãos dos outros."

Hoje encontrei como que por um acaso a minha ex-melhor amiga... Ex-melhor amiga, ex amiga, ex tudo... Sim, porque agora somos mais umas meras conhecidas, que outrora partilharam coisas, do que outra coisa qualquer. Foi realmente estranho. Diria mesmo "backwords". É impressionante como pessoas que nós pensamos que ficarão para sempre na nossa vida e nos acompanharão "no matter what" no longo caminho que ainda temos pela frente, desaparecem e se tornam meros traseuntes por quem passamos e já não temos nada em comum. É uma sensação estranha essa de vazio em relação a alguém. Mais estranho ainda porque não tinha essa ideia tão presente... Mas a partir do momento que há alguém que muda de número de telefone e não nos dá o numero novo... que mais se pode dizer? Eu achava estranho mandar mensagens e o telemovel estar sempre desligado, tanto que quando a encontrei hoje perguntei se o telemovel estava bom, ao que tive a resposta que tinha mudado de telemovel e de numero... teria sido então a altura ideal para me ter dado o numero dela e ter ficado com o meu se fosse esse o caso, mas tal não aconteceu. Também não lhe pedi, achei que a situação já era óbvia demais. Mas fui o resto do caminho a pensar nisto. Enchi-me de tristeza, porque embora essa pessoa me tenha magoado muito com determinadas atitudes eu nunca lhe fechei o meu coração para ela poder entrar de novo. Era alguém que eu pensei que faria sempre parte da minha vida e que, um dia mais tarde, iriamos recordar a vez que no chateamos e díriamos uma para a outra: "Que estúpidas que fomos!!". Mas esse dia não chegará. E o dia de hoje ficou assim mergulhado na realidade de algo que eu gostaria que fosse diferente = ( .

sexta-feira, janeiro 11, 2008

Fui triplicar o saldo da minha tia Marrocos!!

Esta é especialmente dedicada à Vera, à Catarina e à Susana =)

(In)confidência: Digam lá que eu não sou uma querida!! Ehehe!!

Livros...

Cheguei à conclusão que sou uma leitora compulsiva... por isso, é que passo tanto tempo sem pegar num livro... É verdade!! Juro!! É que quando começo a ler um livro não consigo parar, e não faço mais nada enquanto não o acabar de ler... Fico chateada até quando me interrompem a minha leitura... entusiasmo-me, vivo o livro, sinto-me dentro da história e custa ter de desligar aquele botão que é fechar um livro. Então, para não ter de pôr todas as outras coisas em stand-by, vou adiando os livros que me esperam na minha prateleira...
Acho que consegui abrir algumas fechaduras da minha casa.



(In)confidência: Por favor, entra...
Acabei de ler:


Viva o Amor !: Olá! Eu sou o Gonçalo! E eu a Marta, Hellokitty na net. Amo o Verão Azul e a Abelha Maia (...) Acabaram de ler o meu livro novo da primeira à última palavra. Não perceberam nada? Então vão ter que lê-lo com mais calma... mas em casa. Tem amor, sexo, perseguições, tiros, festas de Verão no Algarve e a participação especial de Cinha Jardim, Sofia Alves, Mituxa Jardim e Luís Evaristo. Garanto que vão adorar. Se isso não acontecer, poderão utilizá-lo como frisbee na praia ou aproveitar as páginas para fazer embrulhos de Natal.


Gonçalo, um playboy milionário a caminho dos 30 anos, conhece Mitó num chat da Net. Com ela vive um tórrido fim-de-semana de amor no Porto e regressa cheio de problemas de consciência: é que Mitó tem idade para ser... sua mãe. Para acalmar os ânimos, volta à Net, onde trava conhecimento com Marta, uma jovem de 28 anos com quem descobre fortíssimas afinidades. Sucedem-se perseguições de automóvel alucinantes na zona do Guincho, festas trepidantes nas noites algarvias mais "in", ameaças de morte, declarações de amor espectaculares, amuos e zangas. Tudo isto a um ritmo vertiginoso e contínuo. Para tornar a situação ainda mais embrulhada, descobre que Mitó é mãe... de Marta. E se tudo isso não passasse de um sonho?...

terça-feira, janeiro 08, 2008


Tomara a mim todos os dias serem de flores e de palavras doces em cartas de amor... teria sempre um sorriso parvo estampado na cara... Seria mimada mas seria feliz!!

sexta-feira, janeiro 04, 2008


Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo...


Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os

mesmos trajectos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece...


Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o negro sobre o branco e os pontos sobre os "is" em detrimento de um redemoinho de emoções justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.


Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida fugir dos conselhos sensatos.


Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.


Morre lentamente quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.


Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples facto de respirar. Somente a perseverança fará com que conquistemos um estágio esplêndido de felicidade.



Pablo Neruda

quinta-feira, janeiro 03, 2008

Parabéns, mamã !!


A passagem de ano

O noite começou em minha casa e ainda era de dia... Por isso, quando fomos para o local combinado já ia tudo muito animadinho...


Não separamos ninguém... Deixámos que os anjinhos e os diabinhos se misturassem...


Acho que não é preciso dizer quem era o diabinho =P Não se deixem enganar pela cor do casaco... até porque não ficou todo desta cor durante muito mais tempo...

Diana: " Não se metam comigo!! Sou mais rápida que o Lucky Luck"

Mas preciso de dizer alguma coisa?! Há fotografias que falam por si... Ehehehe


André: "Olha o aviãozinho... aqui vai uma mamã cheia de calorias..."


Batista: "Vá!! Bebe!! Tás com um ar desitratado... bebe..."

André: " Oh não!! Fomos apanhados!!"

Nuno: " Ninguém pode adiantar a meia-noite... é que eu já dormia"


Inês: "Já lavavas esse colarinho, porco!!"




Vera: "Se queres um autografo tens de pedir com jeitinho"

Marta: "Epah, lá estão eles outra vez com estas coisas... Já estou a mais"
Não sei se já repararam, mas o blog sofreu algumas mudanças... Agora está mais moderno!! (",) Além da Cassete, que tem várias músicas escolhidas por mim, têm ainda uma janela onde podem deixar-me messagens a dizer seja o que for, sem que tenham de comentar um dos posts. Mas ainda não é tudo, ao longo deste mês (se tudo correr como planeado), terão ainda mais umas quantas coisinhas, a fim de tornar este blog mais interactivo. Espero que gostem!!!